Hoje é segunda-feira, 20 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioNOTÍCIAPolícia Militar completa 189 anos, recebe novas viaturas e realiza promoções

Polícia Militar completa 189 anos, recebe novas viaturas e realiza promoções

O evento em Florianópolis contou com a presença do comandante-geral da instituição, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, da vice-governadora do Estado, Marilisa Boehm

A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) realizou na sexta-feira, 3, na parte da manhã, na Academia de Polícia Militar da Trindade (APMT), em Florianópolis, e também em atos nas demais unidades em todo o Estado, a solenidade de entrega de equipamentos e promoção de policiais militares, em alusão aos 189 anos de fundação (a data oficial é dia 5 de maio).

O evento em Florianópolis contou com a presença do comandante-geral da instituição, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, da vice-governadora do Estado, Marilisa Boehm. O governador Jorginho Mello justificou a sua ausência por causa das fortes chuvas no Estado e por causa disso estava em visita aos municípios atingidos em Santa Catarina. Também esteve presente o secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Henrique de Lima.

Equipamentos – Na oportunidade, o Governo do Estado entregou à PMSC três quadriciclos, 13 motocicletas e 126 viaturas às unidades para o policiamento e a preservação da ordem pública. O valor total do investimento foi de R$ 16.515.950,00 (dezesseis milhões, quinhentos e quinze mil e novecentos e cinquenta reais), com recursos de convênios federais e municipais. 

As motocicletas são divididas em oito do tipo on-off road marca Yamaha, modelo Lander 250 e cinco motocicletas tipo on-off road  Kawasaki, modelo Versys 650. Os quadriciclos são da marca CFMoto, modelo CForce 450L. Das 126 viaturas que serão entregues, 32 são da marca e modelo Hyundai/Creta, caracterizadas e com cela, e 94 viaturas da marca e modelo Jeep/Renegade 1.3 Turbo T270, também caracterizadas e com cela.

Além disso, com recursos federais, de cerca de R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais), o Governo do Estado realizou a entrega de 43 desfibriladores automáticos externos e 43 oxímetros para a PMSC, que serão distribuídos a todos os batalhões para a prevenção à saúde dos policiais militares.

Promoções – Na mesma data foram realizadas solenidades em todas as regiões militares do Estado, com a promoção de sete oficiais e 60 praças no total. Em Florianópolis, destaca-se a promoção de dois tenentes-coronéis, Iaga Indalencio Cota e Marcus Vinícius dos Santos, que foram promovidos ao posto de coronel, último posto militar na corporação.

Os majores Giovani Santos Constanza, Rafael Antonio da Silva e Diego Rodrigues Machado foram promovidos ao posto de tenente-coronel e o capitão Capelão Marcos Antonio Motta Moraes ao posto de major. O 2º tenente Guilherme Cesar Mazzo foi promovido para 1º tenente.

Entre as autoridades civis e militares que receberam condecorações em alusão aos 189 anos da PMSC, a vice-governadora, Marilisa Boehm e o Secretário de Estado da Segurança Pública, Carlos Henrique de Lima, que foram laureados com a Comenda Barriga Verde.

Acordo de Cooperação – Entre os atos realizados, destaca-se a assinatura entre a PMSC e a Defensoria Pública do Estado de Santa Catarina, com a finalidade de proporcionar o atendimento e a prestação de assistência jurídica integral e gratuita aos policiais militares que figurarem como investigados em procedimentos relacionados à Polícia Judiciária Militar. A assinatura foi realizada pelo defensor público-geral, Renan Soares de Souza, pelo comandante-geral da PMSC e pelo corregedor-geral da PMSC, coronel Fabrício Berto da Silveira.

Solenidade – Antes de usar da palavra, o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa fez o lançamento da Carta de Apresentação, da Política de Trabalho e a Estratégia da Polícia Ostensiva e Ordem Pública da PMSC. A instituição estabeleceu este documento em 2024, alinhado à política e estratégia catarinense de ordem pública e polícia ostensiva, visando não apenas abordar os objetivos e avanços institucionais, mas também a interação da sociedade catarinense com a missão constitucional de preservação da ordem pública.

Baseada na definição de ordem pública e nas leis existentes, a estratégia visa aplicar as capacidades da ordem pública em áreas como economia, desenvolvimento social, ambiente e relacionamentos institucionais por meio de ações estratégicas de polícia ostensiva.

Para o comandante-geral, a PMSC atingiu um nível de excelência nas áreas administrativas e operacionais que se distinguem do resto do país. “O trabalho realizado pela nossa instituição, com a preocupação constante na formação dos nossos policiais e na garantia de equipamentos de trabalho que sejam atuais e modernos, fazem com que tenhamos um trabalho totalmente voltado para o atendimento das demandas da sociedade catarinense”, afirmou.

O Secretário Carlos Henrique de Lima disse que a Polícia Militar, “ao atender uma ocorrência, não sabe quem está do outro lado da linha esperando. Isso é amor incondicional. Você correr para ajudar alguém que você não conhece e sacrificar a sua vida, se necessário for, para ajudar alguém que você não conhece”.

A vice-governadora destacou a classificação de que Santa Catarina é o Estado mais seguro do Brasil. “Temos aqui policiais totalmente dedicados à sua função primordial, que é defender e guardar o cidadão catarinense. E nesse sentido, o Governo do Estado tem feito o seu trabalho de garantir às Forças de Segurança a qualidade e o reconhecimento necessários para que mantenhamos sempre esse lugar no pódio nacional”, finalizou.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa