Hoje é sábado, 20 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioNOTÍCIAPolícia Militar e FACISC oficializam Programa Protótipo Alpha

Polícia Militar e FACISC oficializam Programa Protótipo Alpha

A noite da última quinta-feira (29) marcou um momento histórico na busca por soluções integradas para a segurança e o desenvolvimento sustentável em Santa Catarina

A noite da última quinta-feira (29) marcou um momento histórico na busca por soluções integradas para a segurança e o desenvolvimento sustentável em Santa Catarina. Na Arena Opus, em São José, durante o Encontro FACISC, a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC), em parceria com a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (FACISC), oficializou a assinatura do Programa Protótipo Alpha.

O projeto da PMSC surge com o objetivo de identificar e monitorar os fatores associados à violência letal, articulada com o desenvolvimento sustentável, em municípios catarinenses. Por meio de indicadores estabelecidos a partir da econometria, que é o estudo e aplicação de métodos quantitativos nas áreas da saúde, desenvolvimento social, educação, desenvolvimento econômico e segurança, o Programa Protótipo Alpha visa aprimorar as políticas públicas, tornando-as ainda mais eficientes e direcionadas para as necessidades específicas de cada região.

Em seu discurso durante o evento, o comandante-geral da PMSC, coronel Aurélio José Pelozato da Rosa, destacou que o Protótipo Alpha será implementado e testado ao longo de 12 meses, inicialmente em cinco municípios da mesorregião serrana.

“Não tenho dúvidas de que este projeto vai emergir de Santa Catarina para todo Brasil. Será um case de estudo nacional e sairá das fronteiras do País. O piloto começará nos municípios de Bom Jardim da Serra, Curitibanos, Lages, Urubici e São Joaquim. A PMSC, verdadeiramente, fará o que a Constituição da República Federativa disse em 1988, sobre o que é a missão da Polícia Militar: nós não somos especialistas em segurança pública. A CF nos dá o poder e competência de preservação da ordem pública, que abrange três pilares como, tranquilidade pública, saúde, salubridade e, também, segurança pública. O governo Federal lança muito programa de combate à criminalidade, abrangendo apenas uma vertente. E, em 35 anos de serviço, nunca vi o oposto, um projeto nacional que atue nas causas, assim como será o Protótipo Alpha, inspirado no conceito da educação 5.0 da indústria”, enfatiza o coronel Pelozato.

De acordo com o comandante-geral, este trabalho, que contará com a participação de toda a sociedade, vai elevar ainda mais os níveis de excelência atingidos hoje na ordem pública catarinense. 

“O ranking da competitividade dos municípios divulgou há poucos dias, que Santa Catarina mais uma vez está em primeiro lugar no aspecto segurança pública, com 100%. Isto decorre, deste povo trabalhador e ordeiro catarinense e de uma polícia que atua diariamente com a missão de proteger a vida. Não tenho dúvidas de que este projeto é de extrema importância. E agora sim, vamos lá buscar as verdadeiras causas da criminalidade e da violência em nosso estado e melhorar este país chamado Brasil, cada vez mais. Agradeço a parceria da Facisc e IDEL”, finaliza Pelozato. 

Metodologia DEL

A metodologia adotada para intervir nos territórios é baseada no Programa de Desenvolvimento Econômico Local (DEL), desenvolvido pela FACISC ao longo de mais de uma década e executado pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico Local (IDEL). Este programa visa fortalecer a capacidade de transformação dos municípios catarinenses, promovendo o protagonismo dos atores locais, da iniciativa privada e da sociedade civil organizada, o desenvolvimento sustentável e a diversificação econômica.

Para o presidente da Facisc, Elson Otto, a parceria entre a PMSC e a Facisc, aliada à experiência do Instituto DEL, vai unir esforços em promover melhorias na ordem pública focado em dados econômicos dos municípios. “Vamos atuar na prevenção e isso com certeza trará benefícios para toda a população”, frisa ele.

Segundo o presidente do IDEL, Carlos Eduardo de Liz, a qualidade dos instrumentos utilizados e a aderência aos princípios garantem que o Programa Del, além de fortalecer e diversificar os segmentos vinculados ao desenvolvimento socioeconômico e a segurança, contribua significativamente para outras dimensões do progresso regional e mais qualidade de vida.

“Nesta parceria, o foco será a segurança, mas as ações do programa irão além, promovendo a inovação na gestão pública, mobilização social, construção de políticas públicas baseadas em consenso e dados técnicos, proteção ambiental, inclusão social e muito mais. Com isso, busca-se não apenas a redução da violência, mas também o crescimento socioeconômico e a melhoria da qualidade de vida na mesorregião serrana”, pontua o presidente Carlos.

Participaram também da oficialização do Programa, o chefe do Estado-Maior da PMSC, coronel Jailson Aurélio Franzen; o capitão da PMSC, Elton Roussenq Garcia; o tenente-coronel da PMSC, Frederick Rambusch; o conselheiro administrativo do IDEL, Helon Rebelatto; e conselheiro fiscal do instituto, Antônio Carlos Bandeira Guimarães Filho. 

Agora, com a oficialização do programa, o lançamento do Protótipo Alpha na mesorregião serrana será na segunda quinzena de março. Em breve serão divulgados a data, local e outras informações do evento.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa