Hoje é segunda-feira, 24 de junho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
InícioGERALPrefeitura de São José fará mapeamento de dengue no Município

Prefeitura de São José fará mapeamento de dengue no Município

Com a chegada do verão, Secretaria de Saúde vem aumentando as ações contra o Aedes Aegypti

Com a chegada do verão e, consequentemente, o aumento de casos de dengue em todo o estado de Santa Catarina, a Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Saúde, vem reforçando as ações de combate ao Aedes aegypti no Município. A partir desta segunda-feira (15), será realizado o Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa).

A atividade é realizada por meio da visita a um determinado número de imóveis do município, onde ocorre a coleta de larvas para definir o Índice de Infestação Predial (IIP). Conforme definido na Estratégia operacional do estado de Santa Catarina, os municípios infestados devem realizar a atividade nos meses de março e novembro.

Entretanto, foi analisado os últimos levantamentos, verificamos que o LIRAa realizado no mês de novembro não retrata a real situação dos municípios, mostrando um baixo risco de transmissão, mesmo apresentando um cenário com registro de surtos e epidemias nos meses seguintes.

Com isso, a DIVE, em conjunto com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) e o Ministério da Saúde (MS) definiu que a atividade que seria realizada em novembro de 2023 será alterada para o mês de Janeiro de 2024, e o outro levantamento será em setembro.

Além disso, todos os dias, equipes da Secretaria Municipal de Saúde saem às ruas para combater os focos do mosquito transmissor da dengue, inspecionando armadilhas que são instaladas a cada 500 metros, Pontos Estratégicos . Ao longo de 2023, foram encontrados 3.478 focos do mosquito causador da dengue e realizadas cerca de 140 mil visitas domiciliares.

“Em todo início de verão, nossa equipe reforça as ações que realizamos rotineiramente ao longo dos meses. Nessa época do ano, de muita chuva e calor, há uma maior proliferação do Aedes. Por isso, é muito importante vistoriar os imóveis e reforçar com as pessoas as medidas para eliminar todos os depósitos que possam acumular água e se transformar em criadouros do mosquito”, diz diretora da Vigilância Epidemiológica, Katheri Zamprogna.

A Prefeitura de São José, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reforça a importância da colaboração da população no combate à dengue. Medidas simples, como eliminar recipientes que acumulam água, manter caixas d’água vedadas e utilizar repelentes, contribuem significativamente para a prevenção da doença.

A diretora destaca que é importante lembrar que a limpeza dos espaços não é de atribuição dos agentes de endemias. Entre as ações dos profissionais de saúde, estão acompanhamento das residências, orientação dos moradores, vistoria de armadilhas de Aedes Aegypti, aplicação de inseticida. Além disso, o morador que verificar irregularidades nos vizinhos, terrenos baldios, entre outras ocorrências deve formalizar a denúncia pelo canal da Ouvidoria da Saúde 0800 645 9889.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa