Hoje é sábado, 24 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALPrefeitura de São José tira de circulação veículos que faziam transporte escolar...

Prefeitura de São José tira de circulação veículos que faziam transporte escolar clandestino

Operação da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Trânsito flagra viaturas com licenciamento atrasado e sem autorização para desempenhar atividade no Município, colocando em risco a vida de estudantes

Publicidadespot_img

A Prefeitura de São José (PMSJ), por meio da Secretaria de Segurança, Defesa Civil e Trânsito (SSDCT), retirou de circulação na quinta-feira (2) veículos que faziam transporte escolar de maneira clandestina no Município. A fiscalização identificou viaturas em desacordo com a lei na região do Loteamento Lisboa. A ação executada pela Diretoria de Trânsito e Transportes e Guarda Municipal flagrou veículos não cadastrados no Município.

Na operação, um dos veículos foi flagrado com o licenciamento atrasado e sem a devida autorização para transporte de passageiros. Em outra situação, o motorista transportava oito crianças, sem qualquer permissão para realizar a atividade. Ambos os veículos foram levados ao pátio de custódia.

Diante do flagrante, a secretária de SSDCT, Andréa Luiza Grando, fez alerta aos pais dos cuidados que devem ter antes de contratar o serviço. “É importante verificar junto à Prefeitura se o transportador é devidamente cadastrado, e se se encontra apto para exercer com segurança e responsabilidade, a atividade”, pontuou.

COMO AGIR

De maneira a zelar pela segurança dos filhos, a Prefeitura orienta os pais a entrarem em contato com o Órgão Gestor de Transportes da PMSJ, através do telefone 3381-0000, e pedir nformações sobre os transportadores registrados. “Seguindo esses passos, os pais garantem que o transporte de seus filhos seja realizado com responsabilidade, por um transportador legalizado, com condutor e monitor devidamente cadastrados na Prefeitura, o que garante maior segurança às crianças”, observou Andréa.

O veículo deve estar devidamente padronizado com faixa amarela e com a escrita ESCOLAR nas laterais e traseira. Além disso, da parte traseira também deve constar o registro do veículo na Prefeitura. Esse registro pode ser identificado pela sigla PMSJ, acompanhada do número do registro, como por exemplo:  “PMSJ A-200” ou “A-200 PMSJ”.

AUTO DE INFRAÇÃO

Transitar sem portar a autorização para condução de escolares, na forma estabelecida no art. 136 do Código de Trânsito Brasileiro é punível com multa gravíssima, no valor de R$ 1.467,35, além de ter como medida administrativa a remoção do veículo (Art. 230, XX do CTB). Destaca-se que o transporte clandestino de escolar configura “exercício ilegal da profissão, tipificado como contravenção penal, previsto no Art. 47 do Decreto-Lei nº 3688/1941.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa