Hoje é sábado, 20 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPrefeitura identifica que 46% dos focos de dengue são encontrados em residências

Prefeitura identifica que 46% dos focos de dengue são encontrados em residências

Os maiores vilões são os vasos de plantas, pote de água para animais, garrafas pet e telhas expostas no quintal

A Prefeitura de São José vem trabalhando em diversas frentes para combater o mosquito da dengue, especialmente desde 17 de janeiro deste ano, quando o Município declarou situação de emergência por meio do Decreto nº 20166/2024. Os agentes de endemias identificaram 245 focos no Município, deste número, foram identificados 111 focos em pequenos depósitos domiciliares, que correspondem a 46% dos depósitos encontrados.

Os agentes de endemias continuam fazendo a visita domiciliar, para verificar se os cidadãos estão cumprindo com os cuidados solicitados, mas os vilões continuam sendo os “pratinhos” de vaso de flor, que não são cobertos com areia. As equipes também encontraram potes de água para cães, sem troca frequente. Por fim, as garrafas pet viradas para cima e telhas espalhadas pelo quintal, garantindo a manutenção da vida do mosquito, que se prolifera em água parada.

Além das ações rotineiras, as equipes também estão fazendo a visita a pontos estratégicos, como depósitos, para aplicação do larvicida que dura em média 60 dias combatendo o inseto. Na semana passada, os profissionais da Saúde aplicaram o larvicida no depósito da Polícia Militar. 

Com o decreto nº 20166/2024, também ficou instituída a criação de um grupo intersetorial, formado pelas pastas da Prefeitura, de enfrentamento à dengue. Já foram fiscalizadas embarcações com água parada no bairro Ponta de Baixo e casas com perfis acumuladores no bairro Colônia Santa e Nossa Senhora Aparecida.

Até o momento, foram identificados 168 casos de dengue, com zero óbitos. Em 16 de fevereiro, foi organizada uma reunião entre o grupo intersetorial da Prefeitura e a Secretaria de Saúde do Estado para discutir ações conjuntas contra o vetor.

Denúncias

Caso o cidadão encontre um foco do mosquito da dengue, pode entrar em contato com a Ouvidoria da Saúde, pelo número 0800 645 9889.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa