Hoje é quarta-feira, 29 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPrêmio Desterro - 12° Festival de Dança de Florianópolis

Prêmio Desterro – 12° Festival de Dança de Florianópolis

A programação do maior palco de dança da Capital catarinense será distribuída entre o Passeio Primavera – área de entretenimento, lojas, serviços e escritórios, na rodovia SC-401 –, que passa a ser mais um local da cidade contemplado pelo projeto, e o Centro Integrado de Cultura (CIC).

Abrindo o calendário dos grandes eventos artísticos e culturais da região em 2023, o Prêmio Desterro – Festival de Dança de Florianópolis mantém a experiência bem-sucedida do ano passado: a 12ª edição também ocorrerá na temporada de verão, de 26 de janeiro
a 5 de fevereiro.

A programação do maior palco de dança da Capital catarinense será distribuída entre o Passeio Primavera – área de entretenimento, lojas, serviços e escritórios, na rodovia SC-401 –, que passa a ser mais um local da cidade contemplado pelo projeto, e o Centro Integrado de Cultura (CIC).

O primeiro sediará o Palco Aberto, com o espetáculo de abertura, “MESMO”, da Cia Circocan, gratuitamente, de 26 a 28 de janeiro, em frente ao restaurante DANKO, correalizador da ação. O segundo receberá a Mostra Competitiva, a Cena Comentada (mostra paralela) e uma oficina especial, no Teatro Ademir Rosa; além de 29 workshops
ministrados por professores de currículo nacional e internacional, no Espaço Lindolf Bell; entre 28 de janeiro e 5 de fevereiro.

Elenco

Participarão 1.174 bailarinos de 102 grupos, companhias e escolas provenientes da Bahia, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e do Paraguai. Eles exibirão 474 coreografias – 391 na Mostra Competitiva e 83 na Cena comentada – assinadas por 202 coreógrafos, adaptadores e
repositores.

Em oito sessões, trabalhos de balé clássico de repertório, balé neoclássico, dança contemporânea, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado disputarão uma premiação total de R$ 23.000. Os bailarinos também poderão ser contemplados com bolsas de estudos, vivências e inscrições em instituições e eventos similares, no Brasil e no exterior.

PREMIAÇÃO

A premiação total do evento alcança o valor de R$ 23.000 em dinheiro.

Os três primeiros colocados por pontuação nos subgêneros solo feminino, solo masculino, duo e conjunto, nas categorias júnior e adulto, serão anunciados ao fim de cada noite e receberão troféus.

Os vencedores das categorias júnior e adulto do Grand Prix (avaliação de solos e duos em duas fases) receberão troféu e camiseta exclusiva do Grand Prix, além da isenção de taxa de curso e de taxa de inscrição com vaga garantida para a próxima edição.

No último dia, os melhores trabalhos de balé clássico de repertório, balé neoclássico, danças populares, danças urbanas, jazz e sapateado, na opinião dos jurados, ganharão R$ 1.000.

A melhor concepção coreográfica, o melhor desempenho cênico e a melhor inovação e experimentação em dança contemporânea, sem divisão por sexo, levarão R$ 500 cada um.

A critério da direção do festival, uma premiação de R$ 500 poderá ser oferecida a outra coreografia de destaque em qualquer um dos sete gêneros competitivos.

O prêmio ao melhor bailarino, à melhor bailarina e ao melhor coreógrafo do festival será de R$ 1.000.

Todos os participantes poderão ser indicados ao Prêmio Destaque, de R$ 2.000, outorgado a um bailarino, grupo, escola, figurinista, ensaiador, coreógrafo ou conjunto de obra que tenha se evidenciado.

O grande campeão do Prêmio Desterro ganhará R$ 10.000.

VAGAS E PARCERIAS

Os primeiros colocados em cada gênero/subgênero/categoria terão vaga garantida para se apresentar na edição seguinte do Prêmio Desterro, podendo inscrever coreografia de igual combinação, sem necessidade de passar pelo processo seletivo.

O Joinville Dance Camp, programa de aperfeiçoamento para bailarinos, professores e diretores de academias, em diversos gêneros de dança, concederá uma bolsa integral e outra com 50% de desconto na taxa de inscrição para todos os cursos. O evento terá nova edição de 17 a 29 de julho deste ano, na cidade ao Norte catarinense.

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil ofertará vivências para dois bailarinos, durante uma semana, em sua sede, em Joinville (SC), para conhecerem a rotina da instituição e frequentarem aulas junto de seus alunos. Além disso, dois bailarinos ou dois professores serão contemplados com o curso “Bolshoi Online – Introdução ao Ballet Clássico: Teoria e Prática na Preparação de um Bailarino”.

Erika Novachi e Marcela Benvegnu, diretoras artísticas do Congresso Internacional de Jazz Dance, cuja 15ª edição será realizada de 15 a 22 de abril de 2023, em Indaiatuba (SP), concederão uma bolsa para o Programa Exclusive, que engloba aulas práticas com
quatro professores internacionais, uma aula teórica e uma aula opcional da programação paralela.

A Organización Danzamérica, da Argentina, outorgará cursos intensivos e inscrições de coreografias a quatro solistas e a um grupo entre os competidores de balé clássico, dança contemporânea e jazz dance, para este ano. As aulas serão ministradas em maio e o evento competitivo ocorrerá em setembro – incluindo o concurso internacional de balé Gran Premio América Latina (GPAL), na cidade de Villa Carlos Paz, província de Córdoba.

SELEÇÃO E AVALIAÇÃO

A comissão selecionadora foi formada pelos profissionais de dança Eladio Prados, de Curitiba; Edson Santos e Fábio Alcântara, de São Paulo; Mônica Gross, de Joinville (SC); Thais Diógenes, da Rússia; e Pavel Kazarian, diretor artístico do Prêmio Desterro e diretor-geral da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil (ETBB).

Já a comissão julgadora será composta por 21 membros, que se dividirão em bancas específicas para cada gênero avaliado:

28/1 – sábado

– Balé clássico de repertório: Cecilia Kerche (Rio de Janeiro), Gisele Bellot (São Paulo) e Tíndaro Silvano (Belo Horizonte)

– Balé neoclássico: Ricardo Amarante (Pirassununga/SP), Tíndaro Silvano (Belo Horizonte) e Miguel Klug (La Plata/Argentina)

29/1 – domingo

– Balé clássico de repertório: Cecilia Kerche (Rio de Janeiro), Gisele Bellot (São Paulo) e Maikon Golini (Joinville/SC)

– Balé neoclássico: Ricardo Amarante (Pirassununga/SP), Tíndaro Silvano (Belo Horizonte) e Maikon Golini (Joinville/SC)

30/1 – segunda-feira

– Não haverá Mostra Competitiva

31/1 – terça-feira

– Dança contemporânea: Alan Keller (Belo Horizonte), Rafael Gomes (Rio de Janeiro) e Karina Collaço (Florianópolis)

1/2 – quarta-feira

– Dança contemporânea: Alan Keller (Belo Horizonte), Rafael Gomes (Rio de Janeiro) e Jussara Xavier (Florianópolis)

2/2 – quinta-feira

– Jazz: Erika Novachi (Indaiatuba/SP), Cristina Cará (São José dos Campos/SP) e Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

3/2 – sexta-feira

– Jazz: Erika Novachi (Indaiatuba/SP), Cristina Cará (São José dos Campos/SP) e Eliane Fetzer (Curitiba)

– Sapateado: Marina Coura (Florianópolis), Sylvana Albuquerque (Joinville/SC) e Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

4/2 – sábado

– Jazz: Eliane Fetzer (Curitiba), Cristina Cará (São José dos Campos/SP) e Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

5/2 – domingo

– Danças populares: Simone Fortes (Florianópolis), Nayla Ramos (Joinville/SC) e Eladio Prados (Curitiba)

– Danças urbanas: Eladio Prados (Curitiba), Fran Manson (Bauru/SP) e Andreia Mendes (Timbó/SC)

INGRESSOS

As 906 poltronas do Teatro Ademir Rosa (CIC) não serão numeradas. A ocupação se dará por ordem de chegada em todas as sessões da Mostra Competitiva e da Cena Comentada.

As entradas para a Mostra Competitiva custam R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival). Para a Cena Comentada, o valor promocional único é de R$ 10. Os ingressos já estão à venda no site Blueticket [1], mas poderão ser adquiridos também na bilheteria do CIC a partir do dia 28.

As apresentações da Mostra Competitiva começam sempre às 19h. As três sessões da Cena Comentada iniciam às 16h, no dia 29; 17h, no dia 2; e 16h, no dia 4.

Pontos de venda

*Site Blueticket

*Bilheteria do CIC [2] (a partir do dia 28) – Avenida Governador Irineu Bornhausen, n° 5.600, Agronômica. (48) 3664-2628

28/1 – sábado

-19h: Mostra Competitiva – balé clássico de repertório e balé neoclássico

29/1 – domingo

-16h: Mostra Paralela – Cena Comentada

-19h: Mostra Competitiva – balé clássico de repertório e balé neoclássico

30/1 – segunda-feira

– Não haverá sessão

31/1 – terça-feira

-19h: Mostra Competitiva – dança contemporânea

1/2 – quarta-feira

-19h: Mostra Competitiva – dança contemporânea

2/2 – quinta-feira

-17h: Mostra Paralela – Cena Comentada

-19h: Mostra Competitiva – jazz

3/2 – sexta-feira

-19h: Mostra Competitiva – jazz e sapateado

4/2 – sábado

-16h: Mostra Paralela – Cena Comentada

-19h: Mostra Competitiva – jazz

5/2 – domingo

-19h: Mostra Competitiva – danças populares e danças urbanas

As apresentações do espetáculo de abertura, “MESMO”, da Cia Circocan, no Palco Aberto montado no Passeio Primavera, de 26 a 28 de janeiro, às 19h30, serão gratuitas e abertas ao público.

Confira a programação no site www.premiodesterro.com.br.

CENA COMENTADA

Implantada neste ano, a Cena Comentada é uma mostra paralela que dá oportunidade a bailarinos e coreógrafos de exibirem seus trabalhos no mesmo espaço e com igual estrutura da Mostra Competitiva, no Teatro Ademir Rosa, porém sem avaliação. Nesta modalidade cabem também criações em estilo livre.

Das coreografias inscritas especificamente para este fim, 83 serão analisadas por profissionais convidados, e terão chance de ganhar vaga sem seleção para competir na próxima edição do festival. Os comentaristas serão Maikon Golini, de Joinville (SC), dia 29, às 16h; Cristina Cará, de São José dos Campos (SP), dia 2, às 17h; e Luana
Espíndola, de Jundiaí (SP), dia 4, às 16h.

PALCO ABERTO

O Palco Aberto, que leva apresentações gratuitas a espaços de livre acesso ao público, tem novidades neste ano. Em parceria inédita, o Passeio Primavera, na rodovia SC-401, receberá a estreia do espetáculo “MESMO”, da Cia Circocan, de Florianópolis, nos dias
26, 27 e 28 de janeiro, às 19h30, marcando a abertura do Prêmio Desterro.

O trabalho dirigido por Nickolle Abreu será apresentado em 50 minutos por oito artistas com linguagens multidisciplinares e, em comum, as técnicas circenses. Eles desenvolverão acrobacias e movimentações fluidas que provocam nos espectadores a percepção de imagens e a adrenalina do risco.

A exibição ocorrerá em uma estrutura de sete metros de altura e sete metros de largura, montada em frente ao restaurante DANKO, correalizador desta edição do Palco Aberto.

WORKSHOPS

Os 29 cursos oferecidos serão ministrados por 13 professores de Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo e Argentina – todos membros da comissão julgadora.

As aulas de balé clássico, dança contemporânea, jazz, jazz fusion e danças urbanas, com 90 minutos de duração cada uma, ocorrerão nos períodos da manhã e da tarde, de 28 de janeiro a 5 de fevereiro, no Espaço Lindolf Bell, no CIC.

O valor de inscrição por workshop é decrescente, de acordo com a quantidade de matrículas efetuadas pelo mesmo bailarino: uma aula custa R$ 90; duas, R$ 80 cada; e três, R$ 70 por curso.

As vagas são limitadas e abertas a todos os interessados, independentemente de estarem participando do festival. As inscrições devem ser feitas pelo link
institutodesterro.com.br/premiodesterro/workshop .

28/1 – sábado

-11h às 12h30: balé clássico iniciante/intermediário, Miguel Klug (La Plata/Argentina)

-13h às 14h30: balé clássico iniciante/intermediário, Tíndaro Silvano (Belo Horizonte)

-15h às 16h30: balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro)

-17h às 18h30: balé clássico intermediário/avançado, Ricardo Amarante (Pirassununga/SP)

29/1 – domingo

-9h às 10h30: balé clássico iniciante/intermediário, Gisele Bellot (São Paulo)

-11h às 12h30: balé clássico iniciante/intermediário, Ricardo Amarante (Pirassununga/SP)

-13h às 14h30: balé clássico iniciante/intermediário, Maikon Golini (Joinville/SC)

-15h às 16h30: balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro)

-17h às 18h30: balé clássico intermediário/avançado, Tíndaro Silvano (Belo Horizonte)

30/1 – segunda-feira

-9h às 10h30: balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro)

-13h às 14h30: balé clássico iniciante/intermediário, Miguel Klug (La Plata/Argentina)

31/1 – terça-feira

-13h às 14h30: dança contemporânea, Alan Keller (Belo Horizonte)

-15h às 16h30: dança contemporânea, Rafael Gomes (Rio de Janeiro)

1/2 – quarta-feira

-13h às 14h30: jazz fusion, Rafael Gomes (Rio de Janeiro)

-15h às 16h30: dança contemporânea, Alan Keller (Belo Horizonte)

2/2 – quinta-feira

-11h às 12h30: jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP)

-13h às 14h30: jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

-15h às 16h30: jazz iniciante/intermediário, Erika Novachi (Indaiatuba/SP)

-17h às 18h30: jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba)

3/2 – sexta-feira

-9h às 10h30: jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

-11h às 12h30: jazz intermediário/avançado, Erika Novachi (Indaiatuba/SP)

-13h às 14h30: jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP)

-15h às 16h30: jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba)

4/2 – sábado

-9h às 10h30: jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP)

-11h às 12h30: jazz iniciante/intermediário, Erika Novachi (Indaiatuba/SP)

-13h às 14h30: jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP)

-15h às 16h30: jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba)

-17h às 18h30: jazz intermediário/avançado, Erika Novachi (Indaiatuba/SP)

5/2 – domingo

-17h às 18h30: danças urbanas, Fran Manson (Bauru/SP)

OFICINA

A diretora e coreógrafa Analu Ciscato e os 10 bailarinos da Companhia de Dança Lápis de Seda, formada por integrantes com e sem deficiência, ministrarão a oficina Acessibilidade na Dança, no dia 28 de janeiro, das 15h30 às 17h30, no palco do Teatro Ademir Rosa. Podem participar dançarinos, professores, educadores e público em geral, inscrevendo-se gratuitamente no local.

O grupo de Florianópolis compartilhará a metodologia de trabalho e pesquisa que prioriza o indivíduo, introduzindo bases do fazer artístico a fim de possibilitar o acesso à arte e à cultura, como integrante ativo – e, por consequência, promover o desenvolvimento
físico, cognitivo, emocional e social da pessoa com deficiência por meio da dança.

APOIOS & PATROCÍNIOS

O Prêmio Desterro – 12° Festival de Dança de Florianópolis é uma realização do Instituto Cultural Desterro (ICD), incentivado pela Consul, pela Dominik MetalCenter e pela Havan, por meio do PIC (Programa de Incentivo à Cultura de Santa Catarina)/Fundação Catarinense de Cultura; e apoiado pela Jomani Corretora de Seguros e pelo Passeio
Primavera, em correalização com o restaurante DANKO.

AGENDA DIÁRIA

26/1 – quinta-feira

-19h30: Palco Aberto, espetáculo “MESMO”, Cia Circocan (Florianópolis). Passeio Primavera: gratuito

27/1 – sexta-feira

-19h30: Palco Aberto, espetáculo “MESMO”, Cia Circocan (Florianópolis). Passeio Primavera: gratuito

28/1 – sábado

-11h às 12h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Miguel Klug (La Plata/Argentina). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Tíndaro Silvano (Belo Horizonte). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h30 às 17h30: oficina Acessibilidade na Dança, Analu Ciscato (Florianópolis). CIC: gratuito

-17h às 18h30: workshop balé clássico intermediário/avançado, Ricardo Amarante (Pirassununga/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – balé clássico de repertório e balé neoclássico. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

-19h30: Palco Aberto, espetáculo “MESMO”, Cia Circocan (Florianópolis). Passeio Primavera: gratuito

29/1 – domingo

-9h às 10h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Gisele Bellot (São Paulo). CIC: R$ 70 a R$ 90

-11h às 12h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Ricardo Amarante (Pirassununga/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Maikon Golini (Joinville/SC). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro). CIC: R$ 70 a R$ 90

-16h: Mostra Paralela – Cena Comentada – Maikon Golini (Joinville/SC). CIC: R$ 10 (valor promocional único)

-17h às 18h30: workshop balé clássico intermediário/avançado, Tíndaro Silvano (Belo Horizonte). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – balé clássico de repertório e balé neoclássico. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

30/1 – segunda-feira

-9h às 10h30: workshop balé clássico intermediário/avançado, Cecilia Kerche (Rio de Janeiro). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop balé clássico iniciante/intermediário, Miguel Klug (La Plata/Argentina). CIC: R$ 70 a R$ 90

31/1 – terça-feira

-13h às 14h30: workshop dança contemporânea, Alan Keller (Belo Horizonte). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop dança contemporânea, Rafael Gomes (Rio de Janeiro). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – dança contemporânea. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

1/2 – quarta-feira

-13h às 14h30: workshop jazz fusion, Rafael Gomes (Rio de Janeiro). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop dança contemporânea, Alan Keller (Belo Horizonte). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – dança contemporânea. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

2/2 – quinta-feira

-11h às 12h30: workshop jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop jazz iniciante/intermediário, Erika Novachi (Indaiatuba/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-17h às 18h30: workshop jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba). CIC: R$ 70 a R$ 90

-17h: Mostra Paralela – Cena Comentada – Cristina Cará (São José dos Campos/SP). CIC: R$ 10 (valor promocional único)

-19h: Mostra Competitiva – jazz. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

3/2 – sexta-feira

-9h às 10h30: workshop jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-11h às 12h30: workshop jazz intermediário/avançado, Erika Novachi (Indaiatuba/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – jazz e sapateado. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

4/2 – sábado

-9h às 10h30: workshop jazz iniciante/intermediário, Luana Espíndola (Jundiaí/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-11h às 12h30: workshop jazz iniciante/intermediário, Erika Novachi (Indaiatuba/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-13h às 14h30: workshop jazz intermediário/avançado, Cristina Cará (São José dos Campos/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-15h às 16h30: workshop jazz intermediário/avançado, Eliane Fetzer (Curitiba). CIC: R$ 70 a R$ 90

-16h: Mostra Paralela – Cena Comentada – Luana Espíndola (Jundiaí/SP). CIC: R$ 10 (valor promocional único)

-17h às 18h30: workshop jazz intermediário/avançado, Erika Novachi (Indaiatuba/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – jazz. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

5/2 – domingo

-17h às 18h30: workshop danças urbanas, Fran Manson (Bauru/SP). CIC: R$ 70 a R$ 90

-19h: Mostra Competitiva – danças populares e danças urbanas. CIC: R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia e participantes do festival)

Prêmio Desterro

Site: www.premiodesterro.com.br

Facebook: facebook.com/festivaldedanca

Instagram: @premiodesterro

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa