Hoje é segunda-feira, 22 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioNOTÍCIAPresos estelionatários que aplicavam o “golpe do bilhete premiado”

Presos estelionatários que aplicavam o “golpe do bilhete premiado”

Os presos responderão pelos crimes de associação criminosa, estelionato, falsa identidade e direção perigosa

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Divisão de Combate a Estelionatos (DCE) da Capital, em colaboração com a Agência de Inteligência da Polícia Militar Rodoviária e a Guarda Municipal de São José, conseguiu localizar e prender em flagrante dois indivíduos suspeitos de integrarem uma quadrilha especializada no ”golpe do bilhete premiado”. A ação se desenrolou nesta terça-feira (18).

Após a troca de informações entre as instituições, foi possível identificar que o veículo Renault Logan, utilizado em um crime de estelionato ocorrido em 12 de junho, estava novamente em Florianópolis, acompanhado de outro veículo, um Chevrolet Onix.

Durante as diligências iniciadas pela manhã deste terça, ambos os veículos foram localizados trafegando pela região do bairro Trindade e posteriormente no área Continental. Após o acompanhamento realizado pela Agência de Inteligência da PMR e pelos policiais da DCE, um dos veículos foi abordado na cidade de Biguaçu, enquanto o outro empreendeu fuga pela BR-101, sendo capturado logo depois pela Polícia Militar.

No interior do Renault Logan, foi detido um dos suspeitos. Durante a revista veicular, foi encontrado um bilhete de loteria supostamente premiado. No Chevrolet Onix, foi capturado o outro suspeito, contra quem havia um mandado de prisão preventiva em aberto por furto.

Os suspeitos foram encaminhados à sede da Divisão de Estelionatos da Capital. A vítima idosa do golpe do bilhete premiado, ocorrido em 12 de junho, reconheceu um dos veículos utilizados no crime, bem como um dos suspeitos que ainda não foi capturado.

Os presos responderão pelos crimes de associação criminosa, estelionato, falsa identidade e direção perigosa. As investigações continuam para identificar os demais envolvidos no crime.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa