Hoje é sexta-feira, 24 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERAL“Projeto verão precisa durar o ano todo”, lembra profissional de educação física

“Projeto verão precisa durar o ano todo”, lembra profissional de educação física

Dicas e tendências propagadas nas redes sociais podem ser um risco para quem quer entrar em forma.

Com a chegada do verão e das férias, muita gente corre para tentar entrar em forma. Mas, nem tudo são flores. É preciso ter cautela, principalmente diante de tantas dicas e tendências disseminadas nas redes sociais, que podem, facilmente, se tornar uma cilada.

Profissional de educação física e docente do curso de educação física da Estácio, Dayanne Sarah Lima Borges explica que o projeto verão, na verdade, deve durar o ano inteiro. “O que comumente chamados de ‘projeto verão’ é alcançado a partir de disciplina no
treino, alimentação adequada e rotina de descanso durante vários meses. Ou seja, deve ser algo contínuo e feito de forma consistente. Precisa durar o ano todo”, destaca.

Mas e quem está desesperado em busca de resultados? A dica da profissional é: procure profissionais capacitados. “É importante procurar profissionais especializados para um acompanhamento específico e direcionado para o seu objetivo. Evite ‘dicas’ e ‘tendências’
que as redes sociais oferecem, pois nada substitui a avaliação de um profissional atento às suas necessidades”, explica a profissional de educação física.

A palavra-chave de todo o processo, segundo a professora da Estácio, é regularidade. Com ela e com a consciência da mudança para uma vida saudável, é possível atingir os objetivos.

“A rotina saudável abrange alimentação saudável, periodicidade nos exercícios físicos e higiene do sono. O tempo de cada um responder a esses estímulos vai depender do organismo, é algo individual”, pontua Dayanne Borges.

Para quem pensa que mudanças drásticas na rotina são capazes de proporcionar resultados, a profissional de educação física lembra que isso pode levar, na verdade, a pessoa a desistir do projeto de vida saudável. “Uma mudança neste sentido interfere de forma abrupta na parte psicológica. Os profissionais indicam mudanças progressivas para
que seu corpo e mente consigam entender a nova rotina de vida”, explica.

Já para os desmotivados, a dica é sempre lembrar da importância da prevenção. “A prevenção é a melhor forma de nos afastar de doenças que são causas de um número imenso de mortes por ano, tais como hipertensão e diabetes. Portanto, quanto mais você se preocupar em ter uma alimentação saudável, fazer exercícios físicos, priorizar uma quantidade de sono adequada, maiores são as chances de desfrutar de momentos com sua família, seus amigos e, com isso, ter mais qualidade de vida”, finaliza a professora.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa