Hoje é domingo, 26 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALSão José participa de Encontro Nacional do Instituto Lixo Zero

São José participa de Encontro Nacional do Instituto Lixo Zero

Rede municipal de ensino sensibiliza comunidade escolar para gestão adequada dos resíduos sólidos

O Instituto Lixo Zero Brasil (ILZB) reuniu os embaixadores da organização em Encontro Nacional em Florianópolis de 23 a 25 de fevereiro. São José esteve presente no evento com a participação da coordenadora da Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Educação, Ana Paula Dores Ramos.

A bióloga também atua como embaixadora do ILZB há quatro anos. “O Encontro Nacional de Embaixadores é uma oportunidade única para compartilhar experiências e conhecimentos com pessoas de todo o país que têm, em comum, a preocupação com a gestão sustentável dos resíduos. É uma chance de aprender novas estratégias, conhecer novas tecnologias e estar em contato com pessoas que compartilham dos mesmos valores”, afirmou.

Para o ILZB, a capacitação e a disseminação do conhecimento são fundamentais para a promoção da gestão sustentável de resíduos e para o alcance do objetivo de Lixo Zero. Construir cidades conceituadas com Lixo Zero é um processo gradual e contínuo, que exige a participação e engajamento de todos os setores da sociedade.

Programa Escolas Sustentáveis

Políticas públicas efetivas ajudam a construir a consciência ambiental e a adoção de boas práticas cotidianas. Um exemplo é o Programa Escolas Sustentáveis, desenvolvido desde 2021 na rede municipal de ensino de São José. A iniciativa incentiva práticas sustentáveis baseadas no tripé: destino adequado dos resíduos, reaproveitamento do orgânico com realização de compostagem e plantio de horta escolar. Gradualmente, as unidades educativas vêm aderindo ao Programa, que está transformando o ambiente escolar. “Esse é um processo que envolve todos da unidade, como direção, merendeiras, professores, crianças. E extrapola os muros com a participação dos pais e até da comunidade que acaba se engajando também”, detalhou Ana Paula.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa