Hoje é domingo, 26 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALSão José recebe o projeto do trecho 1B da Avenida Beira-Rio Forquilhas

São José recebe o projeto do trecho 1B da Avenida Beira-Rio Forquilhas

Prefeitura inicia busca de recursos para realização da obra, orçada em R$ 32 milhões

Secretários e vereadores josefenses puderam conhecer na tarde desta quarta-feira (10), no gabinete do prefeito Orvino Coelho de Ávila, os detalhes do projeto do trecho 1B da Avenida Beira-Rio Forquilhas, que ligará a BR-101, próximo a Intelbras, ao trecho 2 que está em construção. “Sem um projeto não tem como conseguir os recursos e licenças ambientais para realização da obra”, destacou o prefeito, que inicia agora as tratativas em busca de financiamento da via com 1,8 quilômetro, com investimento estimado em R$ 32 milhões.

Na apresentação de engenheiros representantes da Engera e MRV Engenharia foi detalhado o projeto. A nova avenida, que iniciará na BR-101, próximo a Intelbras, servirá de conexão da Rua Governador Aderbal Ramos da Silva com a rodovia SC-281, além de uma melhoria na via existente que conecta as ruas Senador Carlos Gomes de Oliveira e Governador Aderbal Ramos da Silva. O viaduto será construído na atual interseção entre a SC-281 com as ruas Luiz Fagundes e Senador Carlos Gomes de Oliveira.

“Se você não cuidar de uma área que está no início e em pleno desenvolvimento, certamente nós vamos ter maiores problemas do que já temos hoje. Temos que apresentar soluções para o desenvolvimento, para um crescimento ordenado, cuidando da parte comercial, da ambiental e consequentemente de toda população. A Beira-Rio Forquilhas é a principal obra de mobilidade de São José, tão ou mais do que a Beira-Mar de Barreiros, por isso temos que ter projetos para buscar os recursos”, enfatizou o prefeito.

O vice-prefeito Michel Schlemper ressaltou a importância do diálogo com o Legislativo, lembrando que se trata de um investimento a longo prazo. Agradeceu também as empresas MRV e Engesa pela parceria público privada na doação do projeto e disse que a ideia é conversar com o Banco de Desenvolvimento da Bacia do Prata (Fonplata) para um possível investimento na obra. “Vamos agora buscar os recursos, conversar com os governos do Estado e Federal. O Município vem fazendo além de sua parte, ali é uma rodovia estadual e um trecho federal, estamos agora com os projetos prontos e precisamos dos recursos.”

O secretário da Secretaria de Urbanismo e Serviços Públicos (Susp), Michael Rosanelli, lembrou que o primeiro passo para uma obra é a elaboração do seu projeto. “São José está crescendo, principalmente em seu interior, e hoje todos sabem da dificuldade que é para fazer uma via, uma ampliação de rua, que desapropriar custa muito, então planejar de forma antecipada o crescimento da cidade faz com que organizemos o futuro.”

Já o secretário de Infraestrutura, Júlio Cézar da Silva, falou da importância de um projeto para realização de uma obra. “Um projeto bem feito impacta em 80% da execução da obra. Se os demais governantes, como o prefeito Orvino, investissem em projetos, a execução delas teria menos surpresas negativas”.

Representando a classe empresarial de São José, o presidente da AEMFLO e CDL, Gilberto Rech, acompanhou a apresentação, assim como os vereadores Matson Cé, Jair Costa, Mauro Fiscal, Adair Tessari, Marcus Vinicius de Andrade, além de secretários.

 Outras etapas

O projeto da Beira-Rio Forquilhas está dividido em quatro trechos. O primeiro que está sendo realizado é o denominado trecho 2, liga o lado Oeste ao Leste da cidade. Esse trecho fica nos limites dos bairros Sertão do Maruim, Forquilhinha, Forquilhas, Flor de Nápolis, Potecas, Picadas do Sul e Distrito Industrial e fará a conexão da Rua Antônio Jovita Duarte com a rodovia estadual SC-281.

 São quatro pistas, dos quais duas receberam pavimentação asfáltica e aguardam a sinalização da SC-281 ser realizada pelo Governo do Estado para ser liberada para o trânsito. A via conta com uma extensão de 2 km e mais 600 metros de acesso, oferecendo duas faixas de tráfego, recuo para ônibus e interseções com vias adjacentes. As outras duas pistas, que também já foram iniciadas, dependem da realocação das famílias do Loteamento Benjamin para um loteamento habitacional de interesse social.

 Já o trecho 1A ainda está em fase de elaboração. Ele prevê uma avenida entre a BR-101 e a parte Leste da Avenida Beira-Rio Forquilhas. O terceiro trecho, da rua Antônio Jovita Duarte até o loteamento Ceniro Martins, em Forquilhas, e o quarto trecho do loteamento até o contorno viário da Grande Florianópolis, com 2,5 quilômetros, estão em fase de planejamento.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa