Hoje é quinta-feira, 30 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALSecretaria de Educação promove curso para profissionais de escolas e creches

Secretaria de Educação promove curso para profissionais de escolas e creches

Nova formação inicia em 16 de abril e visa prevenir e reduzir lesões nas pregas vocais

Para marcar o Dia Mundial da Voz, 16 de abril, a Secretaria Municipal de Educação de Florianópolis inicia a primeira formação do ano sobre um dos principais instrumentos de trabalho do professor e demais funcionários. Com o título “Voz saudável para ensinar”, a Gerência de Formação Continuada da SME ministrará um curso de quatro encontros a cada quinze dias.

A capacitação ocorrerá das 8h30 às 11h30 no Centro de Educação Continuada localizado na Rua Esteves Júnior, 280. Outra formação começará no dia 18 de abril. Com 30 vagas em cada turma, as inscrições podem ser feitas no Portal da Formação Continuada: https://www.sge8105.com.br/sigepe/frontend//wwpbaseobjects.seclogin.aspx. No ano passado houve seis cursos.

Conforme a fonoaudióloga da SME, Joziane Lima, serão dadas noções sobre como a voz é produzida e de como deve ser a respiração correta. Serão feitos exercícios para que os participantes consigam respirar pelo diafragma ao invés de usar para isso apenas a parte superior dos pulmões. Dicas para evitar lesões nas cordas vocais e como falar com menos esforço estão na lista do primeiro dia de formação.

BEBER MUITA ÁGUA

O que é bom e o que deve ser evitado. Estes itens serão abordados no segundo encontro, bem como serão executados exercícios até o fim da formação. A hidratação do organismo vem em primeiro lugar no cuidado com a voz.

Para as pregas vocais, o ideal é beber de 7 a 8 copos de água por dia. Outra orientação é articular bem as palavras e comer frutas, a exemplo de maçã, que auxilia no aquecimento da musculatura relacionada à fala.

O QUE EVITAR

Para a fonoaudióloga, as pessoas devem evitar falar rápido para poderem melhor respirar, Não é recomendado, alerta Joziane Lima, a ingestão de leite e derivados antes de utilizar a voz continuamente.

O cigarro é outro produto não aconselhado, uma vez que a nicotina destrói a mucosa que reveste o trato vocal, nome dado ao tubo que é delimitado pelas cordas vocais, pela boca e pelo nariz. Ar-condicionado muito forte causa ressecamento nas mucosas e edemas nas pregas vocais, o que gera rouquidão.

ÊNFASE E ENTONAÇÃO

Técnicas de comunicação estão reservadas para o terceiro encontro. A fonoaudióloga abordará o item “ênfase”, que é a energia da fala, a vitalidade da palavra falada. Em qualquer palavra, a sílaba de maior ênfase é a que soa mais claramente.

A “entonação” é a fala no tom certo. Cada palavra tem de ser enunciada, de acordo com o seu significado. O “ritmo” deve ser controlado para que os sons não sejam emitidos em alta velocidade.

Conforme Joziane Lima, serão trabalhados ainda postura, expressão corporal e facial. No último encontro, a fonoaudióloga dará retorno individual a todos a respeito do uso das técnicas de comunicação e do potencial da voz.

Joziane Lima percorre as unidades educativas da rede municipal de ensino dando palestras e prestando os mais variados esclarecimentos.

No dia 22 de abril, estará no Núcleo de Educação Infantil Vila Cachoeira, no Saco Grande, e no dia 26 de abril no Neim Clair Gruber Souza, em Canasvieiras. No dia de 13 maio conversará com professores da Escola Básica Municipal Osvaldo Machado, em Ponta das Canas.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa