Hoje é sábado, 20 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioADRIANO RIBEIROVereador achincalhado por subsecretário de Pesca na Capital

Vereador achincalhado por subsecretário de Pesca na Capital

Em resposta ao vereador Roberto Katumi Oda (PSD), que cobra fiscalização de atuneiros que se aproximam da costa de Florianópolis para fazer a captura de iscas vivas, subsecretário de Pesca, Maricultura e Agricultura, Adriano Weickert tratou o ex-presidente da Câmara de forma pejorativa

Uma fala atravessada e deselegante do subsecretário de Pesca, Maricultura e Agricultura, Adriano Weickert, pode colocar em risco a governabilidade do governo Topázio Neto (PSD) na Câmara de Florianópolis. Em entrevista nesta sexta-feira (1º de março) ao programa ‘Ligado na Cidade’ com Marcelo Martins, na Jovem Pan News, Weickert se referiu ao vereador Roberto Katumi Oda (PSD) em tom pejorativo. O vereador não gostou nada.

Katumi vem cobrando forte durante os últimos dias que a prefeitura fiscalize de forma mais intensiva a atividade dos atuneiros que se aproximam da costa de Florianópolis para fazer a captura de iscas vivas. Ao responder questionamentos sobre o assunto o subsecretário depreciou o vereador. “O vereador, esqueci o nome dele, acho que se chama Roberto”, disse o secretário, que foi interrompido e informado pelo entrevistador com o nome completo de Katumi.

Veja o vídeo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=kxwupvRxSos

Ao ouvir a entrevista interroguei Katumi que se mostrou indignado. A forma como o subsecretário tratou um vereador de três mandatos, que já foi presidente da Câmara e é um dos mais importantes aliados do atual governo o deixou mais que descontente. “Fui achincalhado por esse subsecretário, ele ironizou a minha pessoa”, respondeu Katumi.

O vereador explica que sempre foi do diálogo, mas se isso continuar, “algumas coisas podem mudar na Câmara”. “Ele levou para um lado ruim. Já cobrei do Governo”, completa Katumi.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber notícias no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

Katumi cobra cumprimento da lei

O conflito entre o que cobra o vereador Roberto Katumi (PSD) e a postura da Secretaria Municipal de Pesca está na não execução de lei municipal que permite a fiscalização de atuneiros que encostam na costa de Florianópolis para fazer a captura de peixes. Na sessão de segunda-feira (26) o vereador Katumi fez uma dura cobrança.

Lembrou que existe uma lei municipal, a 9419, criada pela Câmara em 2013, que à época direcionava a fiscalização ao Ibama. Mas, como o órgão federal não pode fiscalizar uma lei municipal, essa fiscalização não aconteceu. Porém, em 2022, a Câmara reformou a lei e passou a fiscalização a cargo da Secretaria de Pesca, Maricultura e Agricultura. Mesmo assim, alegando falta de estrutura adequada, essa fiscalização não aconteceu até hoje.

“Essa lei de nada adianta secretário. Final de semana, a Armação e Naufragados foram aterrissados (por barcos), até no trapiche que leva à Ilha do Campeche. Pobres pescadores com sua tarrafinha lá e eles não estão nem aí”, disse o vereador. “Tem que ter secretário, a fiscalização da prefeitura, ou é só pra fazer média ou é só pra sua rede social. Lei tem que ser cumprida”, questionou o vereador, salientando que se assim continuar, vão faltar peixes para os pescadores artesanais.

Vereador Katumi cobrou fiscalização na tribuna da Câmara na sessão de segunda-feira (26)

Sem fiscais para fiscalizar

Em sua entrevista na Jovem Pan, o subsecretário de Pesca, Maricultura e Agricultura, Adriano Weickert disse que estranha que se a lei foi regulamentada em 2022 porque o vereador nunca lhe encaminhou um ofício, questionando a fiscalização. Weickert disse que se sentiu ofendido pela forma, segundo ele, ofensiva, como foi cobrado pelo vereador Katumi. “Acho que temos que unir forças, não tem como ser dessa maneira”, disse.

Questionado sobre a estrutura para essa fiscalização, o subsecretário explicou que a secretária dispõe de estrutura como barcos e pessoal para o trabalho, porém, não tem fiscais disponíveis para autuações, por isso, não pode fazer as abordagens.

Subsecretário Adriano Weickert admitiu que não tem fiscais para fiscalizar

Estado quer mapa

Recentemente a pesca de atuneiros próximo à costa de Florianópolis foi denunciada através das redes sociais. O governo do Estado está se movimentando para encontrar uma solução. O secretário Executivo de Estado de Aquicultura e Pesca, Tiago Bolan Frigo, está agendando uma reunião na próxima quarta-feira (6), em Itajaí, envolvendo os representantes da pesca industrial para passar orientações. Também é bom lembrar que o Estado cobrou que a prefeitura de Florianópolis apresente um mapa esclarecendo os locais que a pesca de iscas pode ocorrer na costa da Capital.

COLUNA DO WHATSAPP – Quem quiser receber notícias no whatsapp, é só clicar e ingressar no grupo: https://chat.whatsapp.com/H2w34yUIK4F7SVYj69cyZ9

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa