Hoje é sábado, 24 de fevereiro de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALColetivo A Bolha prevê ações diversas com artistas de Palhoça para o...

Coletivo A Bolha prevê ações diversas com artistas de Palhoça para o decorrer de 2023

Entre os preparativos estão séries de vídeos, eventos, conteúdos exclusivos e parcerias com artistas da região.

Publicidadespot_img

Movimentar o cenário artístico de Palhoça e região, rompendo divisões de grupos sociais e estimulando a cultura local. Com foco nesses  objetivos, 16 artistas se mobilizaram para a fundação do A Bolha, coletivo palhocense que integra diferentes formas de arte. Para
2023, o grupo tem uma série de planejamentos. E o calendário de novidades já começou.

Ao longo de 2022, músicos, cantores, artistas visuais e escritores se reuniram periodicamente no Octopus Soundbox, estúdio situado no Centro de Palhoça. Desses encontros surgiu o A Bolha e  foi naquele espaço que as primeiras novidades foram criadas. Entre elas está uma série de live sessions: gravações em estúdio com performances de música e poesia. A série de vídeos foi gravada no segundo semestre do ano passado e tem previsão de lançamento ainda para fevereiro.

Cinco edições do material já estão preparadas, trazendo como protagonistas as bandas Akanoá, Cambirela, Soul Cream, o cantor Yaju e o escritor Willian Schütz. Cada vídeo terá cerca de meia hora, intercalando entrevistas e performances.

Além das live sessions, vídeos institucionais e de caráter provocativo já começaram a ser produzidos.

Mas antes desses lançamentos , o coletivo pretende realizar uma série de ações nas mídias digitais. Nesse contexto, o calendário já começou. O perfil @abolhacoletivo no Instagram já está ativo e um cronograma de publicações há de ser cumprido. Além disso, no início
deste ano, o A Bolha lançou o perfil no Facebook, com conteúdos exclusivos — que podem ser conferidos em www.facebook.com/abolhacoletivo.

No último dia 18, de novembro, o grupo fez sua estreia nos palcos, em um ato multicultural. Shows de música, performances poéticas, exposições, lojinha dos artistas, projeções, entre outras atrações estiveram reunidas no mesmo evento. Intitulada “Borbulha”, a festa foi no Haôma Baixo Centro, situado no Centro de Florianópolis. Na
ocasião, o espaço ficou completamente lotado pelo público.

Ainda nesse âmbito, a expectativa do A Bolha é realizar novos eventos em 2023. Os planejamentos já começaram. Nesse contexto, parcerias estão sendo viabilizadas. As novidades devem ser divulgadas em breve nos canais digitais d’A Bolha.

Outra novidade será o manifesto do grupo. O documento já tem esboço e deve ser lapidado em breve. O texto posicionará A Bolha no âmbito da cultura local — em termos de missão, visão e valores.

O coletivo conta com designer, produção de áudio, assessoria de imprensa, filmmakers e outros profissionais especializados. Todos esses serviços são disponibilizados para os membros. A perspectiva do grupo é expandir, em 2023, a gama de serviços, assim como estruturar o grupo para a entrada de novos artistas. Mais informações podem ser
conferidas no perfil @abolhacoletivo no Instagram.

São membros do A Bolha: o cantor Yaju, as bandas Akanoá, Cambirela e Soul Cream, o poeta Willian Schütz e a artista visual Nicole Kirchner.

ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa