Hoje é sexta-feira, 19 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALEvento no Museu de Florianópolis exibirá vídeos produzidos pela juventude da Terra...

Evento no Museu de Florianópolis exibirá vídeos produzidos pela juventude da Terra Indígena Morro dos Cavalos

Vídeos foram produzidos durante oficinas ministradas pelo Portal Catarinas em projeto selecionado pelo Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023

Na quarta-feira (3), a partir das 17h30 no Museu de Florianópolis, será realizada uma roda de conversa com a população indígena Mbyá-Guarani da Terra Indígena Morro dos Cavalos, de Palhoça, além do lançamento de vídeos produzidos pela juventude da comunidade. Os materiais foram produzidos durante oficinas de audiovisual ministradas pelo Portal Catarinas, entre março e junho deste ano. O evento é gratuito e aberto ao público.

As oficinas ocorreram através do projeto “Olhar, ouvir e documentar: oficinas de audiovisual no território Mbyá-Guarani do Morro dos Cavalos”, Proposta Cultural realizada com recursos do Governo do Estado de Santa Catarina, pela Fundação Catarinense de Cultura [FCC], por meio do Prêmio Elisabete Anderle de Estímulo à Cultura – Edição 2023.

Em 10 oficinas, cerca de 20 jovens, entre 12 e 21 anos, aprenderam sobre ferramentas e técnicas de gravação de vídeo, de fotografia, de edição, de roteiro e de entrevista. Foram as e os jovens quem escolheram os temas dos quatro vídeos produzidos, que tratam sobre armadilhas tradicionais, brincadeiras, a importância do território e remédios tradicionais.

“Não há nada melhor do que nós falarmos por nós mesmos, contando a verdadeira história desse nosso território que foi invadido lá em 1500”, destaca Kennedy Karai, liderança Mbyá-Guarani e articulador do projeto.

Fernanda Pessoa, jornalista do Catarinas que ministrou as oficinas, descreve que se sentiu orgulhosa e emocionada ao assistir os vídeos finalizados. “Tive a sensação de que o projeto cumpriu seu objetivo de difundir a cultura guarani e a visão da juventude sobre ela, não só com os recursos que apresentei nas oficinas, mas também com toda a bagagem que eles já traziam. Apesar dos inúmeros desafios, como a falta de equipamentos, os vídeos são extremamente sensíveis, diferentes e enriquecedores”, aponta.

A Roda de Conversa será um espaço de socialização do processo de aprendizagem da juventude indígena e de troca de experiências. Estarão presentes participantes da juventude Mbyá-Guarani, a liderança Kennedy Karai e Fernanda Pessoa, jornalista do Catarinas responsável por ministrar as oficinas.

De acordo com o censo de 2023, são 21.541 pessoas indígenas, em Santa Catarina, lutando para preservar seus territórios, sua cultura, seu idioma e sua mitologia após contínuos processos de aculturação e ataques. O projeto “Olhar, ouvir e documentar” surgiu a partir do diálogo contínuo da equipe do Catarinas com a comunidade localizada em Palhoça (SC).

Pessoa compartilha que, apesar dos desafios iniciais do projeto, como a questão da língua, como a jornalista não domina o guarani, e também a timidez dela e das e dos jovens, foi formada uma confiança mútua que se fortaleceu.

“Um dos momentos de maior emoção para mim foi ter recebido uma mensagem de uma das jovens me chamando de ‘professora’, compartilhando o vídeo editado, porque ela ‘não aguentou esperar a oficina de edição’. Isso demonstrou o quanto o processo foi significativo para mim e para elas/eles e a nossa animação com o projeto”, conta a jornalista.

Além dos vídeos produzidos pelos jovens, o evento também trará a estreia de um vídeo dos bastidores das oficinas.

Serviço

O que: Roda de conversa e lançamento de vídeos produzidos pela juventude Mbyá-Guarani da Terra Indígena Morro dos Cavalos.
Quando: 3 de julho, às 17h30.
Onde: Museu de Florianópolis – Praça XV de Novembro, 214, Centro, Florianópolis (SC).
Entrada gratuita e livre.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa