Hoje é sábado, 18 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALObras estruturantes avançam no Loteamento Benjamin, em São José

Obras estruturantes avançam no Loteamento Benjamin, em São José

Iniciadas em março elas estão em fase de preparação do solo da área localizada em Forquilhas

A Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Infraestrutura, vem trabalhando desde de março nas obras estruturantes do loteamento habitacional de interesse social Benjamin, em Forquilhas. No local, uma equipe atua na drenagem, terraplenagem e estaqueamento dos 217 lotes e, posteriormente, serão implantados a pavimentação asfáltica, iluminação pública e rede de água e esgoto nas mesmas.

O novo loteamento, além de proporcionar mais dignidade às famílias do Loteamento Benjamin, tem como objetivo abrir espaço para a futura Avenida Beira-Rio Forquilhas. Fruto de um investimento de R$ 10,4 milhões, o loteamento será executado com recursos próprios da Prefeitura e beneficiará 217 famílias e a obra contemplará implantação da rede de drenagem pluvial, esgotamento sanitário, pavimentação asfáltica de 41.839,92 metros quadrados de vias, construção de passeios em concreto e meios-fios, rampas de acessibilidade, instalação de piso tátil e faixas exclusivas para cadeirantes. A obra é dividida em dois condomínios.

O secretário de Infraestrutura, Júlio Cézar da Silva, esteve no local das obras e conversou com futuros moradores que aprovaram a iniciativa. Ele enfatizou a importância do acompanhamento e das obras estruturantes e explicou que, neste primeiro momento, as máquinas estão na preparação solo para posteriormente seguir com as obras. “Aqui será feita a ligação da rede de esgoto de todas as residências da localidade. As ruas contarão com iluminação de LED, além de sinalização vertical e horizontal”. Todos os lotes em ambos condomínios vão possuir uma área mínima de 125 metros quadrados.

A construção dos dois condomínios urbanizados será entre as ruas Trinta e Quatro e Leopoldina Marcelino, para a realocação social das famílias hipossuficientes da comunidade. No lançamento da obra, o prefeito Orvino Coelho de Ávila destacou que a construção do loteamento é um “sonho de décadas que começou a se tornar realidade e que vai atender todo interesse social dos moradores da localidade”.

De acordo com o secretário de Urbanismo e Serviços Públicos (Susp), Michael Rosanelli, em paralelo a construção do loteamento, a Prefeitura vai abrir este ano a licitação para construção das casas e já foi definido um orçamento estimado em R$ 20 milhões para essas moradias.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa