Hoje é domingo, 26 de maio de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALPrefeitura de São José ultrapassa mil títulos de propriedade entregues a população

Prefeitura de São José ultrapassa mil títulos de propriedade entregues a população

Secretaria de Regularização Fundiária comemora um ano de fundação, que possibilitou bater a meta de títulos de propriedade

A Prefeitura de São José, por meio da Secretaria de Regularização Fundiária entregou na última quarta-feira (04) mais 130 títulos de propriedade para o Loteamento Vila Formosa e Morar Bem. Com este número São José alcança o marco de mais de mil regularizações executadas em aproximadamente um ano, tempo este que o prefeito Orvino Coelho de Ávila criou a Secretaria de Regularização Fundiária, para priorizar os trabalhos habitacionais.

Na oportunidade, o prefeito Orvino comemorou os esforços da equipe, que apesar de ser composta por apenas seis membros, conseguiu ampliar a Regularização Fundiária no Município. “Junto com a Tainá, o Samuel, a doutora Josi e demais servidores conseguiram fazer este trabalho, que São José precisava tanto!”, afirma.

A dona Marina Cordeiro de 71 anos moradora do loteamento Morar Bem participou da solenidade. Ela conta que desde que o loteamento foi criado, há uns 20 anos, mora com os filhos, esposo e neta Helena Vitória de quatro anos.

“Estava esperando há muito tempo esta escritura essa benção que vamos conseguir hoje. Nunca perdi a fé, sempre acreditei que em algum momento a gente ia receber”, explica.

Segundo o secretário-adjunto de Regularização, Rúbens Pereira Júnior, só foi possível esse resultado graças aos esforços da equipe que se dividia entre a parte técnica e a equipe que ia a campo recolher a documentação da comunidade de porta em porta, munidos com tablets, para evitar emissão de papel e otimizar as informações.

O secretário de Regularização Fundiária, Alexandre da Rosa, fica a frente das visitas a domicílio. Ele comenta que o atendimento leva apenas 13 minutos para ser concluído, quando as famílias estão com todas as documentações em mãos.

“Batemos na casa de cada um de vocês e assim fomos tanto nos dias de sol, quanto de chuva, inclusive nos feriados. Precisamos chegar nas pessoas para que aconteça este momento de entrega dos títulos,” enfatiza.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa