Hoje é terça-feira, 16 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioGERALBaixa temperatura reduz os casos de dengue em São José

Baixa temperatura reduz os casos de dengue em São José

A Vigilância Epidemiológica pede que a população continue com os cuidados de prevenção

São José tem registrado redução significativa nos casos de dengue, doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti. A Vigilância Epidemiológica do Município observou que de janeiro a maio deste ano o número de infectados diminuiu e um dos motivos apontados é a chegada das baixas temperaturas.

Até quarta-feira (28) foram identificados 6.867 casos, de acordo com a diretora da Vigilância Epidemiológica, Katheri Zamprogna, o número ainda pede cautela. “Comparando aos meses de junho de anos anteriores, esse valor segue elevado, uma vez que nos últimos 4 anos não tinham sido registrados casos de dengue nesse período. O que demonstra que a doença segue ocorrendo e que é necessário manter as ações de prevenção”.

Os agentes de endemias de São José seguem fazendo o trabalho diário, checam as residências, aplicam inseticidas onde tem mais oferta de depósitos. Além disso, a equipe verifica periodicamente as 236 armadilhas para o mosquito da dengue, instaladas no Município.

Suspeita de dengue

Em caso de suspeita de dengue, a Secretaria de Saúde orienta o cidadão a procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima do domicílio. Lá, os profissionais farão os encaminhamentos necessários e também vão acionar a Vigilância Epidemiológica, que costuma investigar as redondezas de onde reside o infectado, identificando assim possíveis focos.

Denúncia

As denúncias de terrenos malcuidados devem ser feitas para a Ouvidoria da Saúde pelo 0800 645 9889. O denunciante deve anotar o número do protocolo para acompanhar no sistema o que ocorreu durante a vistoria. É importante lembrar também que, caso os agentes não encontrarem larvas no local denunciado, o denunciante pode direcionar a reclamação para a Ouvidoria Geral pelo 0800 644 9040, para que o morador seja orientado a organizar o espaço, evitando focos futuros.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa