Hoje é domingo, 21 de julho de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
InícioECONOMIAB.LEM Padaria Portuguesa quer chegar a Florianópolis ainda em 2023

B.LEM Padaria Portuguesa quer chegar a Florianópolis ainda em 2023

A famosa rede de padarias e confeitarias portuguesas, com 50 lojas distribuídas pelo Brasil, quer levar suas delícias a Florianópolis, com cardápio moderno e excelente oportunidade de negócio

Quem quer investir em um negócio diferente, que atrai o consumidor pela tradição, mas com um toque de modernidade, precisa conhecer a B.LEM Padaria Portuguesa, que já faz sucesso em 50 franquias distribuídas pelo Brasil e, agora, quer chegar a Florianópolis, capital de Santa Catarina.

A marca começou a fazer sucesso no Brasil em 2015, quando Pedro Nogueira, um português nascido em Caldas da Rainha, cidade a 80 km de Lisboa, em Portugal, cansou-se do mercado corporativo e juntou-se ao amigo brasileiro João Baroni para oferecer pães e doces tradicionais de Portugal em lindas padarias instaladas em shoppings e ruas da capital paulista. “Nossos produtos começaram a fazer sucesso, especialmente os pastéis de nata, que chamamos de Pastéis B.LEM, e fomos procurados por clientes que desejavam franquear o negócio. Assim, crescemos”, sintetiza João Baroni.

A B.LEM está longe de ser uma padaria caricata, daquelas que remetem ao passado português.  “Nossa ideia com a B.LEM é a de trazer uma experiência emocional e gastronômica, mas contemporânea. Queremos ter, no Brasil, um pouco do que temos em Portugal hoje – e não clichês dos tempos das caravelas”, comenta Pedro Nogueira.

Falando em pastéis de nata (foto), são mais de mil unidades vendidas por dia, que somaram 1 milhão de vendas desse produto desde a criação da marca. O produto caiu tanto no gosto do brasileiro que o Pastel B.LEM foi reconhecido como o melhor pastel de nata de São Paulo, por um júri especializado em gastronomia.

A B.LEM é, portanto, como Lisboa: cosmopolita, moderna e deliciosa! Quem frequenta as lojas encontra o café português com Pastel B.LEM; salgados de bacalhau (desde o famoso bolinho de bacalhau a folhados, empadas e até uma coxinha de bacalhau!), sanduíches, muitos pães e doces portugueses, afinal, estamos falando de uma padaria – e portuguesa!

 A franquia B.LEM

A franquia B.LEM pode ser instalada em lojas de rua ou shopping, dependendo do perfil da cidade escolhida. Os franqueadores orientam sempre o franqueado, especialmente no formato da loja, que pode ser um quiosque ou uma loja maior. “Tudo dependerá da capacidade de atendimento, que precisa ser adequada ao fluxo de pessoas do local”, ensina Baroni.

O projeto arquitetônico é oferecido pela franqueadora e segue um padrão e os franqueados recebem todo o suporte a partir da assinatura do contrato. “Nós aprovamos o ponto comercial, realizamos treinamentos, apoiamos o franqueado em sua inauguração e prestamos suporte durante toda a operação. É claro que o franqueado é quem opera a unidade franqueada, mas ele recebe toda a transferência de know-how da franqueadora”, diz Nogueira.

 A B.LEM tem uma indústria que fornecede os produtos para as lojas, de forma que os franqueados contam com itens exclusivos da marca. “Esse diferencial agrega não só em ter o que outros estabelecimentos não têm como também conseguir rastrear a procedência e a qualidade do que é servido, oferecendo grande segurança e confiabilidade ao cliente. Os itens de marca própria garantem boa rentabilidade ao franqueado, o que se traduz em maior lucratividade”, explicam os franqueadores.

Numa loja B.LEM, investem-se a partir de R$ 250 mil, com a taxa de franquia inclusa.

Faturamento

Em 2022, a B.LEM faturou R$ 31 milhões, com 41 lojas instaladas. Atualmente, são 50 lojas e a marca espera fechar o ano com R$ 35 milhões de faturamento. Esses valores correspondem apenas ao montante correspondente às lojas, sem contabilizar a indústria ou franqueadora.

Florianópolis é foco da expansão da marca

Até o final do ano, a B.LEM pretende chegar a Florianópolis. A ideia da marca é iniciar seu processo de expansão na capital e, posteriormente, atingir outras grandes cidades do estado. Os produtos da marca são bem aceitos pelos moradores, que têm grande relação com a cultura portuguesa. “Assim como em todo o Brasil, a população aprecia os pães, doces e salgados portugueses e, certamente, o franqueado terá sucesso”, avalia João Baroni.

A B.LEM já está aceitando cadastros de interessados em abrir uma franquia em Florianópolis. Para contatar a marca, basta acessar o site: https://blempadaria.com/franquias/

Perfil

Marca: B.Lem Padaria Portuguesa

Tipo de negócio Padaria portuguesa

Ano da fundação: 2014

Total de unidades no Brasil: 1 próprias e 50 franqueadas

Investimento inicial: de R$ 250 mil  a R$ 300 mil (quiosque) a R$ 350 mil a R$ 600 mil (lojas de rua ou shopping). Os valores  incluem a taxa de franquia, capital de giro e estoque inicial)

Taxa de franquia: De R$ 60 mil

Royalties: 4 % do faturamento bruto

Taxa de publicidade: 2% do faturamento bruto

Faturamento bruto: De R$ 50 mil a R$ 100 mil (quiosque), de R$ 60 mil a R$ 120 mil (loja de rua) e de R$ 70 mil a R$ 200 mil (loja de shopping)

Lucro líquido:  De 15% a 20%

Prazo de retorno: De 18 a 36 meses, dependendo do modelo

Prazo de contrato: 5 anos

Apoio ao franqueado: Orientação na escolha do ponto comercial; treinamento operacional ao franqueado e equipe; manuais de gestão; consultoria técnica administrativa, financeira e operacional, software de gestão, fornecedores homologados.

Site: b.lempadaria.com

Instagram: @blempadaria

 Sobre a B.LEM Padaria Portuguesa

A B.LEM é uma padaria e confeitaria portuguesa com receitas autênticas da culinária portuguesa produzidas artesanalmente para serem consumidos no local ou serem degustados em casa.

Os produtos oferecidos são fabricados pela marca, de forma 100% artesanal, sem corantes nem conservantes em indústria própria, de forma a controlar toda a cadeia de produção.

Os fraqueados recebem total suporte da franqueadora, desde a assinatura do contrato até a implantação da loja, numa primeira etapa, que inclui treinamento, aprovação de ponto comercial, implantação da unidade franqueada, treinamentos e inauguração. Após esse período, inicia-se o suporte contínuo, que inclui o acompanhamento total do negócio.

Existem vários formatos de negócios, que se adequam ao perfil do franqueado e do ponto desejado para a operação, com investimentos que variam de acordo com o tamanho da loja.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa