Hoje é sábado, 20 de abril de 2024
Coluna da UNIMED
Coluna da AMPE
Coluna do Adriano
Publicações Legais
spot_img
spot_img
InícioGERALEstudantes pintam muro da EBM Albertina Krummel Maciel, em São José

Estudantes pintam muro da EBM Albertina Krummel Maciel, em São José

Atividades seguem com concurso cultural para selecionar desenho para a parte da frente

Com tinta nas mãos, os estudantes da Escola Básica Municipal (EBM) Vereadora Albertina Krummel Maciel estão colorindo os muros da unidade. A ação integra o projeto “Mãos que Transformam o Mundo”, desenvolvido inicialmente com os 4º e 5º anos do Ensino Fundamental.

“A pintura começou nesta quarta-feira (27) pelos fundos da escola, que fica na principal rua do bairro Fazenda Santo Antônio. Rapidamente alunos de outras turmas também se interessaram e vamos seguir na próxima semana com a participação de todos os estudantes e profissionais da escola”, ponderou o diretor Carlos Eduardo Vieira Arêas.

Para o muro da frente, os professores estão organizando um concurso cultural, destinado aos alunos dos anos finais, para eleger o melhor desenho que será projetado no local.

A professora Bruna Santana Anastácio explica que o projeto objetiva envolver os alunos como agentes de transformação social. “O projeto incentiva os estudantes a refletirem sobre seu papel no mundo e como podem contribuir para uma sociedade melhor, inclusive com ações simples, cotidianas e também com mobilizações coletivas, como essa”, comentou.

As tintas e demais materiais necessários para a pintura do muro da escola foram adquiridos com recursos da Associação dos Pais e Professores (APP) da instituição. “Compramos quatro cores: azul, verde, amarelo e rosa. As mãos são projetadas em forma sequencial na parte de baixo e aleatórias em cima, sempre acompanhadas pelo nome do aluno ou profissional para valorizar cada experiência”, enfatizou a professora Marli Aparecida Fernandes da Rosa.

O resultado agradou aos estudantes. “Achei muito legal. Eu nunca fiz isso na minha vida. Está ficando lindo. Muito gratificante porque tem a nossa participação”, citou a aluna do 5º ano, Emanuelle Gonçalves da Silva, de 10 anos.

spot_img
ARTIGOS RELACIONADOS
Publicidadespot_img
Publicidadespot_img

Últimas do Informe Floripa